Prefeito assina acordo de cooperação técnica com aeroporto de Viracopos

Prefeito assina acordo de cooperação técnica com aeroporto de Viracopos

Acordo visa integração dos planejamentos

O prefeito de Indaiatuba, Reinaldo Nogueira (PMDB) assinou na manhã de quarta-feira (02), durante uma coletiva de imprensa, o acordo de cooperação técnica com a empresa Aeroportos Brasil Viracopos S/A com o objetivo de desenvolvimento de atividades de interesse comum visando a integração dos planejamentos aeroportuários e municipal, especialmente quanto ao planejamento e controle de uso no entorno do Aeroporto Internacional de Viracopos na cidade de Campinas. Também visa à realização de atividades técnicas para viabilização dos estudos, ações e demais procedimentos relacionados à incorporação das orientações contidas no Plano de Zoneamento de Ruído aeronáutico do aeroporto (PZR), Plano de Zona de Proteção do Aeroporto (PZPs), e Área de Segurança Aeroportuária (ASA) no Plano Diretor do Município.
Esteve presente na assinatura o vice-prefeito de Indaiatuba, Dr Antônio Carlos Pinheiro; o presidente da Câmara, Luiz Alberto Pereira ‘Cebolinha’; o secretário de Planejamento Urbano e Engenharia, Sandro de Almeida Lopes Coral; o presidente da Aeroportos Brasil Viracopos S/A, Luiz Alberto Küster e o diretor de engenharia da Aeroportos Brasil Viracopos S/A, Gustavo Müssnich.
Reinaldo Nogueira iniciou ressaltando a importância desta cooperação. “Este é um termo extenso que mostra o impacto na nossa região. Temos um Plano Diretor bem desenvolvido e assim será mais fácil o trabalho em conjunto. Viracopos é uma alavanca para a região e vamos criar novas ações para que a cidade cresça com sustentabilidade sem deixar de lado a qualidade de vida da população”, diz Nogueira.
O presidente da Aeroportos Brasil Viracopos S/A, Luiz Alberto Küster, falou sobre o objetivo de assinar o acordo de cooperação técnica. “Hoje estamos dando mais um passo importante com Indaiatuba, estabelecendo um relacionamento entre o Município e Viracopos. Hoje Viracopos esta estre os cinco maiores projetos do país e neste momento temos seis mil trabalhadores na obra do aeroporto e envolvidos indireto ou diretamente no projeto cerca de 10 mil pessoas. Aqui vamos tratar dos impactos positivos e negativos e essa assinatura representa o trabalho em conjunto que vai desde os incômodos até os benefícios do desenvolvimento comercial e industrial”, salienta Küster.

A TV Sol Comunidade não se responsabiliza pelos comentários aqui publicados.