Haoc culpa cooperativa de médicos por falhas no atendimento no sábado

Haoc culpa cooperativa de médicos por falhas no atendimento no sábado

O Hospital Augusto de Oliveira Camargo (Haoc) foi alvo de um protesto durante a sessão ordinária da Câmara Municipal, na noite desta segunda-feira (03/06). A reclamação foi por problemas no atendimento ocorridos no último sábado (01/06).

Um pequeno grupo de pessoas levou cartazes reclamando da situação no principal hospital da cidade e pedindo a saída do Secretário Municipal da Saúde. O presidente da Câmara, Luiz Alberto Pereira, o Cebolinha (PMDB), encaminhou um ofício pedindo esclarecimentos sobre os motivos que fizeram com que nenhum médico estivesse atendendo os pacientes na manhã de sábado.

De acordo com o diretor-geral do Haoc, Edmir Deberaldini, o problema foi causado por um grupo de médicos de uma cooperativa que estava prestando serviço no hospital e que avisou em cima da hora que não iria continuar no trabalho a partir do sábado. “Fomos pegos de surpresa com esse comunicado e ficamos em uma situação difícil de contornar”, lamentou Deberaldini.

Ainda de acordo com o diretor, alguns médicos membros da diretoria arregaçaram as mangas e atenderam pacientes a partir da tarde do sábado. Já no domingo (02/06), a situação estava normalizada. “Esperamos que um problema como esse não se repita e confiamos que não vai se repetir”, afirmou o diretor.

Deberaldini disse ainda que vai adotar contra os médicos que não cumpriram o plantão o procedimento padrão nesses casos, que é a reclamação junto ao Conselho Regional de Medicina. Esses médicos seriam de fora de Indaiatuba. O diretor acrescentou ainda que os pagamentos aos médicos estavam em dia e dentro dos valores combinados, mas que, ainda assim, eles apresentaram um ultimato exigindo aumento.

A TV Sol Comunidade não se responsabiliza pelos comentários aqui publicados.