Ex-prefeito Reinaldo Nogueira é condenado a dois anos e meio de prisão em regime aberto

Ex-prefeito Reinaldo Nogueira é condenado a dois anos e meio de prisão em regime aberto

O ex-prefeito Reinaldo Nogueira, do MDB, foi condenado a dois anos e meio de prisão em regime aberto. O motivo da condenação é diferente dos que já levaram Reinaldo para a prisão outras duas vezes.

Desta vez a condenação é pelo chamado Caso BVA. Em 2009, a prefeitura aplicou 46 milhões de reais no Banco BVA. Mas, em 2012, a instituição sofreu intervenção do Banco Central. Os motivos eram o comprometimento da situação financeira e o descumprimento de normas regulamentares. Àquela altura, graças aos rendimentos, os 46 milhões já tinham virado 53 milhões, mas passavam a estar retidos durante o desenrolar do processo. Apesar de uma vitória na Justiça, passados mais de cinco anos desde a intervenção, o dinheiro ainda não voltou para os cofres públicos e Indaiatuba continua esperando. Na época, o então secretário da Fazendo, Marcelo Pigatto, defendeu a aplicação sob os argumentos de que o BVA oferecia bons rendimentos e que os relatórios de agências de avaliação de risco indicavam que a situação do banco era saudável.

Enquanto Reinaldo Nogueira foi condenado a dois anos e meio de prisão, Pigatto pegou dois anos. Nos dois casos, o regime é aberto, ou seja, a pena é cumprida em albergue ou na própria residência do condenado, que pode trabalhar durante o dia, mas deve retornar à noite. A decisão foi em primeira instância e os dois ainda podem recorrer

 

Por Caio Guimarães

A TV Sol Comunidade não se responsabiliza pelos comentários aqui publicados.