Aniversário da cidade será comemorado com inauguração da Barragem e Parque Mirim

Aniversário da cidade será comemorado com inauguração da Barragem e Parque Mirim

A Administração Municipal e o Saae (Serviço Autônomo de Águas e Esgotos) prepararam uma grande festa no próximo domingo (09), dentro da programação dos 188 anos de Indaiatuba: a tão esperada inauguração da Barragem e do Parque do Mirim marcará a data com um show da dupla sertaneja Chitãozinho & Xororó. Os portões do Parque serão abertos às 8h para que o público possa conhecer o espaço de lazer que foi construído no entorno da represa do Rio Capivari-Mirim. A cerimônia de inauguração terá início às 11h e o show, a partir do meio dia. A Prefeitura irá disponibilizar transporte coletivo gratuito saindo de diversos bairros da cidade até o local do evento.

A proposta do transporte coletivo gratuito é para facilitar o acesso do público ao local e também para evitar congestionamentos de trânsito no percurso do Parque. A linha Campo Bonito/Sabiás/Andorinha, por exemplo, terá ônibus sentido Parque do Mirim das 8h às 12h, com intervalo de uma em uma hora. Para a linha Caminho da Luz/ Camargo Andrade/Itamaracá/Av. Conceição/Vila Rubens, os horários de ônibus serão às 8h, 9h30, 11h e 12h30. O retorno será a partir das 14h. Outras cinco linhas serão disponibilizadas. No site do Saae estão disponíveis os itinerário e horários dos ônibus, mapa do evento, localização do Parque, entre outras informações. Acesse http://www.saae.sp.gov.br/parque-do-mirim/.

Para quem for de carro, haverá diversas áreas de estacionamento nas adjacências e as áreas mais distantes contarão com traslado até o Parque. As entidades assistências do município e o Funssol (Fundo Social de Solidariedade) serão os responsáveis pela praça de alimentação que será montada no local.

O Parque

O novo Parque Ecológico construído no entorno da barragem do Rio Capivari-Mirim é uma opção de lazer completa para a população. Com uma extensa área verde, o espaço também foi idealizado para o estudo do meio.

As áreas de convívio com quiosques, academia para a terceira idade, fonte interativa, playground, deques de pesca, mirante, quadra de futebol society e de areia serão uma nova opção de lazer completa em família.

Nestas áreas os visitantes terão informações sobre o meio ambiente local, através de painéis educativos, com informações sobre fauna, flora, ictiofauna, piracema, conservação e agressões ao meio ambiente, mata ciliar, bacia hidrográfica do rio Capivari-Mirim e resíduos sólidos. Em cada painel haverá um Qr Codee instruções para acessar um espaço virtual com conteúdo multimídia sobre o conteúdo apresentado no parque, visando a conscientização para a questão da importância de preservar o meio ambiente. “A proposta do prefeito Nilson Gaspar com a instalação desse parque no entorno da represa é, além de oferecer um excelente espaço de lazer, promover o aumento da consciência da preservação do meio ambiente junto à comunidade”, comenta o superintendente do Saae, engenheiro Sandro Coral.

Foi justamente com essa proposta que em 2015, quando Gaspar ainda era superintendente da autarquia, foi realizado um “Mega Plantio” de 110 mil mudas de árvores no entorno da barragem do Capivari-Mirim. Mais de 12 mil voluntários participaram do plantio, entre estudantes e docentes de escolas estaduais, faculdades, integrantes de clubes de serviço e de associações. Além de ser um feito histórico, a iniciativa visou a formação da mata ciliar no entorno do rio para a proteção do manancial e conservação da fauna e ictiofauna da região.

Foram 125 espécies nativas aprovadas pela Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo), cujo desenvolvimento é acompanhado pelo Saae para garantir a formação da mata.

A Barragem

A Barragem do rio Capivari-Mirim foi construída no Bairro Mirim, 300 metros acima da antiga captação do Saae. O lago originado tem capacidade para armazenar 1,3 bilhão de litros de água e regularizar a vazão do manancial em 316 litros por segundo, permitindo a captação durante o ano inteiro. A área total do empreendimento, considerando as Áreas de Proteção Permanente (APPs) e a área do espelho-d´água, é de 1,3 milhão de metros quadrados.

O planejamento do abastecimento da cidade foi iniciado há 14 anos, muito antes de se falar em crise hídrica. Os primeiros encontros para tratar da barragem aconteceram no ano de 2004. Proprietários de terras na localidade onde a barragem seria construída foram chamadas para discutir a necessidade da obra.

O Projeto Executivo foi elaborado em 2006 e em 2007 o deputado Federal e líder da bancada paulista na Câmara Federal Milton Monti (PR) e então deputado Federal Reinaldo Nogueira conquistam junto à Funasa (Fundação Nacional de Saúde) verba a fundo perdido (sem a necessidade de o município devolver o dinheiro) de R$ 12,3 milhões.

Em 2007 o convênio com a Funasa foi assinado e em 2008 teve início as aquisições de terras para a realização dos trabalhos. Em 2009 o deputado Estadual Rogério Nogueira (DEM) contribuiu para agilizar processos que tramitavam no Governo do Estado. Em 2011, o projeto estava parado por falta de envio de documentações. O então superintendente, Nilson Gaspar, fez os encaminhamentos necessários e desemperrou as desapropriações. Os proprietários foram convencidos sobre a importância da iniciativa e as maiores faixas de terra foram desapropriadas sem nenhum custo para o Saae.

Em 21 de dezembro de 2011 saíram a outorga do barramento e a licença de instalação da Cetesb. A ordem de serviço para a obra foi dada em 3 de julho de 2013.

O Mega Plantio de 110 mil mudas de árvores nativas foi feito em 2015, quando a barragem foi concluída. No mesmo ano foram iniciados os trabalhos de infraestrutura para a urbanização do espaço do entorno, formando o Parque do Mirim. “A barragem e o Parque do Mirim só se tornaram uma realidade devido a um intenso trabalho de equipe”, concluiu o prefeito.

 

(Assessoria de Comunicação/Prefeitura de Indaiatuba)

A TV Sol Comunidade não se responsabiliza pelos comentários aqui publicados.